Portal da Cidade Baraúna

ATRASO

Alunos deixam de ir para escola por falta de transporte no sítio Formigueiro

Motoristas responsáveis por várias rotas aguardam a quitação de débitos mensais em atraso por parte da Administração Pública Lúcia de Aldivon.

Postado em 14/11/2018 às 15:49 |

No povoado de Formigueiro, a sala de aula da Escola Municipal Maria Lindalva estava quase vazia, hoje. Dos 14 alunos da Educação Infantil, apenas três foram à aula nessa quarta-feira (14) (Foto: Sigefredo Filho/Portal da Cidade)

Estudantes da comunidade do Formigueiro em Baraúna, estão há quase 20 dias sem poder seguidamente assistir aulas devido à falta do transporte escolar que é cedido pela Prefeitura Municipal de Baraúna. Isso porque o transporte escolar não está passando nos sítios Lajeiro do Ouro, Lajeiro do Sebo, Lajeiro do Mel, Córrego de Pedra para buscá-los.


Na única escola do local as aulas oferecidas vão só até o 5° ano. Encerrada essa etapa, os filhos dos agricultores que quiserem dar continuidade aos estudos precisam ir a cidade, que fica a mais de 18 km.

Há quase três semanas, Carlos Eduardo, de 7 anos de idade, tem faltado à escola. O estudante mora na localidade de Lajeiro do Ouro, a cerca de 6 quilômetros do Formigueiro, onde fica a Escola Municipal de Ensino Infantil e ao Ensino Fundamental Maria Lindalva, a qual ele cursa.

De acordo com a mãe do menino, Vânia Carvalho, as faltas têm sido ocasionadas porque roteiros do transporte escolar não estão sendo cumpridos até a localidade.

Reclama a mãe de aluno, Vânia Carvalho, visivelmente aborrecida.

Sendo prejudicados

Meu filho está sendo prejudicado, assim como muitas outras crianças e adolescentes daqui, porque os motoristas têm se recusado a fazer o transporte por atraso no pagamento deles. Além disso, o carro que leva as crianças está em péssimo estado para transportar, não tem freio, a porta está caindo ou mesmo porque o transporte vivi dando problema.

Reclama a mãe de aluno, Vânia Carvalho, visivelmente aborrecida.

Ainda segundo um estudante do ensino fundamental, que prefere não se identificar, não há outra forma de chegar à escola, o que torna revoltante a situação.

“Até onde sei, não há sequer previsão de quando o serviço vai voltar a ser feito, sendo que transporte escolar é direito nosso. Isso é uma falta de respeito da prefeitura com os alunos. Todos os dias ficamos apenas na expectativa de irmos assistir aula porque eles se recusam a disponibilizar um carro para os estudantes do sítio “, desabafa o estudante do fundamental.

Ali perto, na Localidade de Formigueiro, a sala de aula da Escola Maria Lindalva estava quase vazia hoje. Dos 14 alunos da Educação Infantil, apenas três foram à aula nessa quarta-feira (14).

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE BARAÚNA

Se você tem uma denúncia pra fazer, entre em contato com a redação do PORTAL DA CIDADE BARAÚNA, pelo WhatsApp 84 99107 1000.

Fonte:

Deixe seu comentário