Portal da Cidade Baraúna

ALERTA

Baraúna pode ter surto de dengue, zika e chikungunya, aponta Ministério da Saúde

Cidade teve índice superior a 3,9% para a infestação do mosquito transmissor das doenças. Veja dados de outras cidades do RN.

Postado em 13/07/2018 às 20:50 |

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR)

Levantamento divulgado em 07 de julho pelo Ministério da Saúde mostra que 106 dos 167 municípios do Rio Grande do Norte correm alto risco de enfrentar surto de dengue, zika e chikungunya no próximo verão. Os dados foram extraídos do Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa).

Baraúna (RN) e Mossoró (RN) estão em situação de risco para possíveis surtos de dengue, zika e chikungunya, de acordo com o Ministério da Saúde. Nestas cidades foram registrados índices superiores a 3,9% para infestação do Aedes aegypti, mosquito transmissor das três doenças.

Grossos e Tibau são os únicos municípios da região com resultados satisfatórios, indica o relatório. Todos ganharam ‘nota’ abaixo de 1. Outras 43 cidades estão em alerta. Estas obtiveram avaliações entre 1 e 3,9 e devem persistir em atenção máxima para evitar eventuais surtos.

De acordo com o governo federal, o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) permite que as administrações municipais possam identificar bairros onde estão concentrados focos de reprodução do inseto, e o tipo de depósito onde larvas foram encontradas.

Em Baraúna, o índice contabilizado foi de 6,0%; enquanto em Mossoró houve registro de 5,1%.

Veja a lista de municípios que correm risco de enfrentar surto de dengue, zika e chikungunya (quanto maior o valor, maior a probabilidade de infestação):

Areia Branca – 4

Campo Redondo – 4,1

Monte Alegre – 4,1

Tibau do Sul – 4,2

Fernando Pedroza – 4,2

Ipanguaçu – 4,3

São Fernando – 4,3

Pendências – 4,5

Apodi – 4,7

Arêz – 4,7

Goianinha – 4,9

Caraúbas dos Dantas – 5,0

Espírito Santo – 5,0

Santa dos Matos – 5,0

Várzea – 5,0

Mossoró – 5,1

Afonso Bezerra – 5,2

São Paulo do Potengi – 5,2

Almino Afonso – 5,2

Serrinha – 5,2

Felipe Guerra – 5,3

Rafael Fernandes – 5,3

Tenente Laurentino Cruz – 5,4

Lajes Pintadas – 5,4

Presidente Juscelino – 5,7

Doutor Severiano – 5,7

Baraúna – 6,0

Caiçara do Norte – 6,0

Antônio Martins – 6,2

Macaíba – 6,3

São Francisco do Oeste – 6,3

Frutuoso Gomes – 6,4

Itaú – 6,5

Martins – 6,6

Paraú – 6,6

Severino Melo – 6,6

Lagoa Nova – 6,7

Lagoa de Velhos – 6,9

Alto dos Rodrigues – 7,0

Tangará – 7,0

Parazinho – 7,1

Lucrecia – 7,1

Açu – 7,3

Brejinho – 7,6

Janduís – 7,6

Olho D’Água dos Borges – 7,8

Senador Elói de Souza – 7,8

Francisco Dantas – 8,1

Ruy Barbosa – 8,1

Monte das Gameleiras – 8,2

Currais Novos – 8,3

São Miguel – 8,4

Caraúbas – 8,5

Messias Targino – 8,5

Equador – 8,6

Bento Fernandes – 8,6

Angicos – 8,7

Luís Gomes – 9,0

Jardim de Angicos – 9,1

Ouro Branco – 9,3

Passa e Fica – 9,3

Poço Branco – 9,4

Jardim de Piranhas – 9,6

Pau dos Ferros – 9,6

Santana do Seridó – 9,8

Cerro Corá – 10,2

José da Penha – 10,2

Jardim do Seridó – 10,3

Alexandria – 10,4

Serra de São Bento – 11,0

Florânia – 11,3

Carnaubais – 11,4

Água Nova – 12,0

Serrinha dos Pintos – 12,4

João Dias – 12,6

São Tomé – 12,6

Triunfo Potiguar – 12,8

Japi – 13,0

Macau – 13,0

Rafael Godeiro – 13,0

Montanhas – 13,1

Santa Maria – 13,2

Cruzeta – 13,8

São João do Sabugi – 13,8

Riachuelo – 14,2

Serra do Mel – 14,3

Santa Cruz – 14,4

Lagoa D’Anta – 14,8

Timbaúba dos Batistas – 15,0

Paraná – 15,2

Lajes – 15,3

Patu – 16,6

Nova Cruz – 17,1

Guamaré – 17,5

Caicó – 17,7

Pedra Preta – 18,0

Rodolfo Fernandes – 18,2

Santo Antônio – 18,4

Caiçara do Rio do Vento – 18,8

São Rafael – 19,1

Pedro Avelino – 19,2

Marcelino Vieira – 20,5

Canguaretama – 21,0

Pilões – 21,2

Acari – 23,5

Jucurutu – 24,8

 

*Com informações do Ministério da Saúde

Quer saber mais notícias da região? Acesse o Portal da Cidade Baraúna.

 

Leia outras notícias em barauna.portaldacidade.com. Siga, também, o Portal no Instagram, curta nossa página no Facebook. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (84) 99107-1000

Fonte:

Deixe seu comentário