Portal da Cidade Baraúna

CAMPANHA

Sem atingir meta, vacinação contra sarampo e pólio terá continuidade em Baraúna

De acordo com dados da SMS, 88,33% do público-alvo foi vacinado contra poliomelite e 90,84% contra sarampo.

Postado em 02/09/2018 às 18:27 |

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo continua em Baraúna (Foto: Venilton Kuchler/SESA)

Por Sigefredo Filho

O município de Baraúna que ainda não atingiu a meta de vacinar 95% das crianças contra a poliomielite (paralisia infantil) e o sarampo deve abrir os postos de vacinação e continuar vacinando. A orientação para que os gestores locais realizem uma nova mobilização é do Ministério da Saúde. A medida tem como objetivo vacinar 1.800 crianças no município, de um ano a menores de cinco anos. Até sábado (01), um balanço parcial da cobertura vacinal por faixa etária nos municípios informou para Secretaria Municipal de Saúde (SMS), de acordo com os dados, 83,33% do público-alvo (crianças de 1 a 5 anos) foi vacinado contra poliomielite e 90,84% contra sarampo. Mais de 180 crianças ainda não foram vacinadas, no município.

Neste domingo (02), a reportagem do Portal da Cidade Baraúna conversou com a coordenadora do Departamento de Imunização, entretanto, acredita que num curto espaço de tempo a meta de 95% será atingida

Luana Pinheiro / Coordenadora de Imunização do Município / Baraúna

Continuar vacinando

Ainda falta esses 5% para bater a meta. O município continuará vacinando. Além do dia D. Fizemos outras ações que foi nas creches onde encontramos crianças com a faixa etária da vacina, além disso, de casa em casa, atividades em outros bairros que são áreas descobertas, tudo para aumentar a cobertura vacinal que estava com pouca procura e isso nos ajudou a chegar aos 90%. Mesmo que tivesse atingido (meta) enquanto tiver doses é para continuar vacinando.

Luana Pinheiro / Coordenadora de Imunização do Município / Baraúna

Luana Pinheiro, disse que as vacinas continuam disponíveis no posto de saúde do município. Entretanto, ela chamou atenção das mães quanto a meta, mesmo que tivesse atingido. A afirmação foi feita com base nos dados atualizados da campanha iniciada no dia 06 de agosto e encerrada em 31 agosto, neste período aproximadamente 1.620 crianças foram vacinadas - o equivalente a mais ou menos 90% "Enquanto tiver doses é para continuar vacinando", comentou.

Luana explicou que ainda dá tempo das pessoas procurarem dose da vacina quem não vacinou. Nesta segunda-feira (3/9), "As mães que ainda não vacinaram seus filhos, podem se dirigir ao posto de saúde com a caderneta de vacinação para vacinar seus filhos de um a menor de 5 anos", disse Luana ressaltando que a criança imunizada não vai contrair a doença.

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite e Sarampo está na reta final. Em todo o país, 2,6 milhões de crianças ainda precisam ser vacinadas. A última atualização da cobertura vacinal por faixa etária nos municípios às 09h25 parcial enviada pelo estado do Rio Grande do Norte mostra que, até este último sábado(01), 85,48% das crianças potiguares se vacinaram em todo o estado.

A Campanha Nacional foi encerrada na última sexta-feira (31/8), mas os estados e municípios que ainda não atingiram a meta de 95% de vacinação foram orientados pelo Ministério da Saúde a darem continuidade na imunização com o segundo Dia D.

*Os números ainda podem sofrer alterações, pois alguns municípios ainda não informaram os dados da campanha.

A campanha tem por objetivos:

Vacinar quem nunca tomou a vacina;

Completar todo o esquema de vacinação de quem não tomou todas as vacinas;

Dar uma dose de reforço para quem já se vacinou completamente (ou seja, tomou todas as doses necessárias à proteção).

Esse tipo de campanha que inclui o reforço da dose, informa o Ministério da Saúde, acontece de quatro em quatro anos e já estava prevista no orçamento da pasta. Esse ano, no entanto, a campanha é ainda mais importante dada à volta da circulação do sarampo no território brasileiro e a ameaça da poliomielite.

Quem deve ser vacinado?

Contra a poliomielite: crianças de 1 até 5 anos independentemente de quantas doses já tomou. Em casos de nenhuma dose, será aplicada a Vacina Inativada Poliomielite. Em caso de uma ou mais doses, será aplicada a Vacina Oral Poliomielite, a famosa "gotinha".

Contra o sarampo: crianças de 1 até 5 anos independentemente de quantas doses já tomou.

Não devem ser vacinadas: crianças de 1 até 5 anos que tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

 

Leia outras notícias em barauna.portaldacidade.com. Siga, também, o Portal no Instagram, curta nossa página no Facebook. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (84) 99107-1000.

Fonte:

Deixe seu comentário